Postagens

Análise Junguiana

Imagem
Ao considerarmos o indivíduo diante da eternidade, o aqui-agora é o ponto em que a consciência acessa essa dimensão atemporal. Se captamos padrões passados semelhantes, coerente é admitir que tenhamos segmento nessa linha em direção ao futuro. Neste momento, existimos simultaneamente no passado, presente e futuro, e todos os insights provêm de percepções de padrões de memória advindos de nosso próprio futuro, o que nos direciona no caminho evolutivo. Essa ressonância mórfica atua não só no nível de passado, com processamento de padrões semelhantes, mas também com percepção de memória futura.

Jung abordava esse tema, afirmando que, em suas experimentações relacionadas à coincidências significativas, ao lidar com o fator tempo, qualquer possibilidade de emissão de energia era excluída, como se fosse um absurdo admitir que uma situação ainda não existent possa transferir-se como fenômeno energético para um receptor do presente.


À medida que seus níveis de consciência vão ascendendo, o se…